A emoção é como um pássaro,
quando se prende já não canta

quinta-feira, 9 de junho de 2011

Janela secreta

A vida sempre foi boa comigo.
Quando soube que o meu coração
estava carregado de sombras,
e que ele só se alimentava de luz,
abriu uma janela no meu peito
para que por ela possam entrar
o resplendor do orvalho,
o fulgor das estrelas
e o invisível arco-íris do amor.

Thiago de Mello 

Um comentário:

M@ria disse...

As vezes ouço passar o vento;
e só de ouvir o vento passar,
vale a pena ter nascido.

Fernando Pessoa

Feliz Semana e beijos meus! M@ria